sábado, 28 de fevereiro de 2009




Os Beagles são cãozinhos muito fofinhos. Já tivemos um! O nome dele era Charlie e era muito fujão. Gostava de passear e cheirar tudo. Não podia ver portão aberto que logo saía correndo para a rua.
O Charlie era um cachorrinho gourmet que tinha predileção por alguns tipos de ração e odiava outros tipos. Não era qualquer uma que servia.
Certa vez, durante o inverno, resolvi pingar algumas gotinhas de óleo Mazola sobre a ração seca. Ele gostou tanto que nunca mais quis comer a ração de outro jeito.
Sempre que eu aparecia com o seu prato de comida, ele ficava espiando. Queria ver se numa das mãos eu trazia a lata de óleo. Era esperto demais. Também tinha um grande defeito: não podia ver portão aberto que logo fugia. Era tão rápido que a gente nem chegava a ver para que lado tinha ido.
Foi lembrando dessa sua mania de escapulir que eu escrevi um outro livro, o Tóbi. Este livro tem uma novidade, pois pode ser lido tanto em português ou em inglês mas o relato da fuga é o mesmo nos dois idiomas.
A foto que coloquei acima é do nosso Charlie. Bonitão, no acham?

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Muito legal essa história. Se eu soubesse como é, postava um retrato do Prince para fazer companhia a ele.
    Parabéns
    Haroldo

    ResponderExcluir